Os viajantes interessados em conhecer destinos brasileiros incríveis ganharam um superpresente na última semana: o lançamento da operadora Vivejar, especializada em turismo de experiência.

Mas o que isso quer dizer? Que a Vivejar leva a lugares únicos, transformados pelo turismo de base comunitária. São comunidades que aos poucos resgatam sua cultura, suas crenças, sua gastronomia, seu folclore e sua arte – e que se orgulham de mostrar tudo isso aos visitantes. A seleção de destinos leva em conta aspectos como o protagonismo de quem recebe, a troca constante entre anfitrião e visitante, a sustentabilidade da operação e o impacto positivo que ela gera no lugar, através da geração de trabalho e renda.

O projeto, liderado por Marianne Costa (ex-Raízes Desenvolvimento Sustentável) e pela consultora Lucila Egydio, começa com três roteiros: Do Barro à Arte, uma imersão no mundo das famosas ceramistas do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais; Segredos e Temperos da Amazônia, que revela todos os sabores da capital Belém e da Ilha de Cotijuba, no Pará; e Morro da Babilônia, novo polo turístico que se estrutura na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro.

“Estamos viajando para identificar e desenvolver novos roteiros, teremos muitas novidades em breve”, diz Marianne. Os viajantes interessados em conhecer destinos brasileiros incríveis agradecem.

Confira aqui mais detalhes sobre os roteiros e o calendário da Vivejar, com as viagens já programadas para 2017.

Em parceria com Abril – Viagem e Turismo

    Tags:
  • turismo
  • imersão
  • Amazônia
  • Minas Gerais
  • Vale do Jequitinhonha
  • turismo sustentável
  • turismo comunitário
  • vivejar
  • economia solidária
  • cultura
  • rio de janeiro