Índios

As aldeias Haliti-Paresi protocolaram na última semana na FUNAI o pedido de anuência para a realização de expedições experimentais em seu território, no Mato Grosso. O objetivo dessas viagens é a formatação de roteiros de Turismo de Base Comunitária com vistas à estruturação, diversificação e fortalecimento das iniciativas de visitação nas terras indígenas.

A convite da The Nature Conservancy (TNC) e a Operação Amazônia Nativa (OPAN), a Garupa realizou toda a consultoria do projeto, entre maio de 2019 e março de 2020 – da avaliação do potencial turístico e a elaboração do Plano Estratégico às capacitações necessárias para a realização dessas expedições (a expectativa é de que elas ocorram em setembro).

As viagens fazem parte do programa que visa estruturar e regularizar o turismo de base comunitária nas Terras Indígenas Haliti-Paresi. Os roteiros foram elaborados coletivamente, a partir dos atrativos que cada aldeia deseja ofertar aos visitantes, compondo uma semana com grande diversidade de experiências e uma verdadeira imersão na cultura local.

Leia mais no site do projeto: turismohalitiparesi.com

    Tags:
  • turismo sustentável
  • Sustentabilidade
  • Brasil
  • Turismo Indígena
  • turismo comunitário
  • economia solidária
  • conservação
  • cultura
  • turismo
  • imersão
  • Viagem