Roteiros e viagens

Feriado econômico (e original): Corpus Christi na Ilha do Cardoso

2 de junho de 2017

Ilha do Cardoso

Um parque estadual cheio de praias desertas. Dentro dele, uma simpática vila de pescadores. Dentro dela, um conjunto hospedagens econômicas formado por pousadinhas domiciliares, casas para aluguel e campings. A Ilha do Cardoso, a cerca de 300 km da capital paulista, pode ser o motivo perfeito para você pegar a estrada (sem gastar muito) nos próximos feriadões.

Na vila de Marujá, dentro do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, não há sinal de internet ou celular, e a natureza preservada se revela em atividades simples: passear de bicicleta pela praia, fazer trilhas até cachoeiras e avistar golfinhos em passeios de barco são alguns dos encantos do lugar. Há, também, um outro lado preservado de Marujá: o cultural, que se reflete na música de fandango, nas receitas com peixes frescos, no artesanato e na pesca tradicional.

Mas nem sempre foi assim: da década de 1960 até os anos 90, a região passou por uma forte especulação imobiliária e os moradores dependiam financeiramente das casas de veraneio, onde trabalhavam como empregados. Mobilizada, a comunidade conseguiu reverter essa situação por meio do turismo de base comunitária. Com os terrenos recuperados, boa parte da renda que sustenta as famílias do Marujá vem da atividade turística. Não é demais?

As principais atrações de Marujá

Cachoeira Grande: lanchas partem de Marujá com destino à atração – após o desembarque, você caminha 20 minutos para chegar à queda, com ótima piscina natural.

Praia da Laje: é preciso caminhar cerca de uma hora ao norte, a partir de Marujá, para encontrar essa orla extensa e praticamente deserta, cercada por Mata Atlântica.

Passeios de barco: você embarca no píer principal de Marujá e segue até a praia de Itacuruçá, no núcleo Perequê do Parque Estadual, onde dá para observar golfinhos. O passeio costuma durar o dia todo.

Passeios de bicicleta: as bikes são a melhor alternativa para explorar os 18 km de orla que ligam Marujá à Praia Pontal do Leste, no extremo sul da Ilha do Cardoso.

Como reservar

Para reservar hospedagem na Vila de Marujá, é só entrar em contato com a Associação de Moradores pelos telefones (13) 3852-1161. As diárias para casal nas pousadas, com café da manhã, custam a partir de R$ 120; um pacote para o feriado de Corpus Christi (4 dias) pode chegar a R$ 500.

Como chegar

A comunidade de Marujá está inserida no Parque Estadual Ilha do Cardoso, extremo litoral sul de São Paulo (a 300 km da capital). Só é possível chegar lá de barco: a partir da Avenida Beira Mar, em Cananeia, barqueiros licenciados fazem a travessia em voadeiras ou escunas; ou ainda saindo da comunidade do Ariri, em voadeiras ou barcos de pesca. O trajeto dura entre uma e três horas, dependendo da embarcação.

Clique aqui para conhecer outros destinos do Guia Garupa do Brasil Autêntico.

Fotos: Mônica Barroso/Garupa

Em parceria com Abril – Viagem e Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *