Iguape, SP

Uma pausa para o almoço na Jureia

Instituto Lassus, Lagamar

manifestação cultural

A experiência única

Saborear receitas da culinária local, como peixe fresco assado e farofinha de banana, feitos com produtos orgânicos locais, no Restaurante da Marília, em Iguape. A casa tem localização estratégica para os turistas: está no caminho para a Barra do Ribeira e para a Estação Ecológica da Jureia, na região do Lagamar.

O destino

Na maior faixa contínua de Mata Atlântica do Brasil, entre os litorais de São Paulo e do Paraná, a natureza do Lagamar oferece ao visitante um cardápio variado: passeios de canoa pelo mangue, encontros entre rios e o oceano, trilhas na floresta que podem ser coroadas com um pôr do sol no alto do morro, banhos de cachoeira e descanso à beira-mar em praias desertas como a da Estação Ecológica da Jureia. Aqui os guarás (ave da região) e a grande variedade de flores, como orquídeas, helicônias e antúrios, são provas da biodiversidade local. E ainda tem muita história – quem passeia pelo centro de Iguape tem a oportunidade de visitar o preservado casario colonial.

Está neste guia por que

– O restaurante de Dona Marília é um negócio local que movimenta a economia da comunidade de Vila Nova, onde vivem cerca de 300 pessoas. Assim, o empreendimento não beneficia apenas a ela, mas a toda a rede de pequenos empreendedores ligados à operação do restaurante, desde o pescador até os artesãos e o grupo de fandango.

– Como uma das poucas opções de alimentação na região, o restaurante também gera fluxo de visitantes para os passeios de barco pelo Lagamar.

– Marília faz parte da associação de produtores orgânicos da região e inspira o empoderamento de outras mulheres em sua comunidade.

Garupa

Tem um projeto de turismo sustentável? Quer tirá-lo do papel?

Envie sua ideia