Miranda, MS

Na natureza selvagem, com todo o conforto

Refúgio Ecológico Caiman, Pantanal

ecolodge

A experiência única

Surpreender-se com as araras e onças-pintadas da fauna pantaneira e conhecer a cultura da região – do churrasco com a típica carne oreada às histórias e lendas locais, contadas por guias nativos.

O destino

A fazenda em que está o Refúgio Ecológico Caiman tem 53 mil hectares – e 10% dessa área abriga a Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN), onde são desenvolvidos projetos de pesquisa. Para explorá-la, a programação inclui safáris fotográficos, caminhadas, passeios de canoa canadense e de bicicleta, sempre na companhia de guias bilíngues e graduados e de condutores nativos. Quem chega na alta temporada (junho a novembro) ganha um brinde: a chance de observar, com a ajuda de telescópios, lunetas e um guia especializado, planetas e constelações.

Nas refeições, a gastronomia regional prevalece em receitas que levam peixes de água doce, oreada (tipo de carne seca exposta ao sereno da noite) e frutas do cerrado, como pequi e guavira.

Depois do jantar tradicional, basta relaxar em uma das pousadas construídas sobre palafitas. A Cordilheira (5 suítes) e a Baiazinha (6 apartamentos standard) têm piscina e acomodações com banheiros privativos e água aquecida que garantem o descanso no final do dia.

Está neste Guia por que

– É um dos melhores exemplos de pousada ecoturística do Pantanal.

– Tem parceria com projetos de preservação, como a Associação Onçafari e o Instituto Arara-Azul.

– Faz a coleta e separação do lixo reciclável e também realiza atividades de educação ambiental junto aos funcionários.

Garupa

Tem um projeto de turismo sustentável? Quer tirá-lo do papel?

Envie sua ideia