Nova Olinda, CE

A criançada do Cariri

Fundação Casa Grande, Chapada do Araripe

manifestação cultural

A experiência única

Surpreender-se com a sabedoria e desenvoltura dos guias-mirins, responsáveis por acompanhar o público na visita a gravuras pré-históricas e a outras atrações no sertão do Ceará.

O destino

Foi a restauração da primeira casa da Fazenda Tapera, hoje cidade de Nova Olinda, que deu nome e sede à Fundação Casa Grande, em 1992. Visitar essa região do Cariri, sul do Ceará, é conhecer as preservadas tradições da vida no sertão com um diferencial: a condução de crianças e jovens locais.

Com eles, você pode descobrir a academia de cordel, o trabalho das rendeiras e repentistas, o projeto de agrofloresta de Zé Artur, a oficina de Espedito Seleiro (artesão que herdou da família o talento para trabalhar com couro) e por aí vai. Há atividades para preencher um roteiro de quatro dias – com direito a explorar todos os projetos e oficinas das crianças (biblioteca, programa de rádio, editora de gibis) e jogar futebol no final da tarde com os moradores.

A arqueologia merece destaque: Nova Olinda é a maior reserva mundial de fósseis do período Cretáceo, espécies que viveram entre 65 e 135 milhões de anos atrás. A riqueza se concentra nos nove sítios de estudo do Geopark Araripe, onde também é possível encontrar pinturas rupestres.

Está neste Guia por que

– Desenvolve um programa que é referência nacional e internacional em protagonismo juvenil, por meio de oficinas para a formação educacional de crianças e jovens em gestão cultural.

– Com a cooperativa criada junto aos pais das crianças, realiza um projeto de turismo comunitário com 15 pousadas domiciliares, gerando renda para as famílias envolvidas.

– Mantém um programa de pesquisa e preservação do acervo arqueológico da região do Cariri.

Garupa

Tem um projeto de turismo sustentável? Quer tirá-lo do papel?

Envie sua ideia